Santos Populares

Frequentava eu a 4ª classe (4º ano actual) quando entre diversas escolas se organizou um desfile de marchas populares. Toda a turma, desde encarregados de educação a alunos, fizeram parte de toda esta organização. Foi tudo preparado com afinco: a escolha dos sapatos, a roupa com estampado rosa choque e verde alface, a bandelete, os ensaios, os arcos, a música...
Foram momentos vividos com muita intensidade, entusiasmo próprios de uma criança. O momento mais triste, mais marcante de todos foi terem escolhido para meu par o rapaz mais feio da turma e arredores! Enfim, depois de ter ultrapassado esse óbice, continuei a ensaiar duas a três vezes por semana e a entoar o refrão vezes sem conta, pois nada podia falhar! A nossa madrinha da marcha, adivinhem quem foi? Ana Maria, dos " Queijinhos Frescos"! Alguém se lembra? 
Estamos no ano de 1988, no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa e inicia-se o desfile das marchas populares representadas pelas diferentes escolas. Após a votação do júri é revelado o vencedor: a minha turma! O prémio: Viagem a Londres e a Paris! Escusado será dizer que não cabíamos em nós de contentes. Desta viagem recordo-me sobretudo do desfile defronte do Arco do Triunfo e de ter comprado em Londres num grande armazém, um pequeno urso de pelúcia para oferecer ao meu irmão, com apenas alguns meses de vida. 
Hoje resta-me um livrinho feito, na altura, com algumas fotografias, a música e recortes de jornal da época que faziam referência ao evento. 
Esta transcrição que aqui faço é, nada mais nada menos, do que aquilo que me vem à memória nesta altura do ano. Hoje em dia, claramente as marchas populares não são algo que me fascinem. Porém, sardinhas assadas, uma boa salada de pimentos assados promovem um bom momento, especialmente quando em boa companhia! No entanto, como este é um prato que dificilmente se executa em casa, não só pelo cheiro que se perpetua dias a fio, como as próprias sardinhas ficam boas apenas quando assadas na brasa, resolvi fazer estes cupcakes de chocolate ( receita do www.chefonline.continente.pt). 


Ingredientes:

100 G Manteiga
2 Chávenas de Açúcar 
2 Chávenas de Farinha 
2 Ovos
4 C. Sopa de Chocolate em pó
1 Chávena de Leite quente
1 C. Chá de Bicabornato de Sódio 
1 C. Chá de Fermento
1 C. Chá de Sal

Preparação Tradicional:

Bata a manteiga até amolecer. Junte os dois ovos e bata. 
Dissolva o chocolate em pó no leite quente e adicione ao preparado anterior e envolva. Junte todos os restantes ingredientes, previamente peneirados e bata bem.
Unte as formas, preencha com dois terços da massa e leve ao forno a 180º C durante 20 a 25 minutos.

Preparação Bimby:

Coloque no copo a borboleta e deite a manteiga e bata por 1 min/ 37°C/ vel 4. Junte os dois ovos e bata por mais 2 minutos na mesma velocidade e temperatura. Retire e reserve. 
Coloque o leite e aqueça por 2 min/ 90° C/ vel 4. Junte o chocolate em pó e misture por mais 1 minuto na mesma temperatura e velocidade. Verta o preparado anterior ao leite e adicione todos os restantes ingredientes, previamente peneirados e bata por 3 min/ vel 4.
Unte as formas, preencha com dois terços da massa e leve ao forno a 180º C, durante 20 a 25 minutos.





Mensagens populares